14 de junho de 2010

A falsidade e o fingimento começam a deixar-me doente.
Por mais que as pessoas tentem disfarçar isso não funciona. Não sou burra e para estas coisas, muito menos. Tenho um certo talento para apanhar estas coisas no ar que me deixam com a pulga atrás da orelha.
Nestes momentos, o que mais me sustem são as pessoas que considero meus pilares.
Mas desta vez nem esses pilares se safam. Se confiamos tanto em certas pessoas e se elas nos conhecem tão bem, porque é que se baixam ao mesmo nivel das que não significam nada para nós em vez de nos dizerem as coisas de uma vez por todas?
Não gosto que me escondam coisas, nunca gostei. Posso não ter nada a ver com isso... Mas porque é que me escondem isso, então?
Numa vida passada devo ter sido uma grande puta e agora devo estar a pagar por isso, só pode.
Estou farta. Vou emigrar. Vou procurar outros pilares que estes estão velhos e qualquer dia, ao minimo tremer, quebram em mil pedaços.

5 comentários:

Desalinhado disse...

Podes emigrar mas infelizmente não da falsidade :|

Crazy disse...

Tens um desafio no meu blog (:

Beijinhos

Francisco Pinto disse...

Eu não quebro, não quero quebrar.
Sou um pilar bem assente na terra, talvez por isso esteja tão escondido e só se veja uma pontinha de tudo aquilo que sou para ti e és para mim. Pareço um pilar pequeno, mas engano u.u

annaritaa ♥ disse...

"Se confiamos tanto em certas pessoas e se elas nos conhecem tão bem, porque é que se baixam ao mesmo nivel das que não significam nada para nós em vez de nos dizerem as coisas de uma vez por todas?" acho que vou usar este quote no meu blog , percebo-te, ultimamente também sinto que têm coisas para me dizer mas perferem fazer de conta que já o fizeram!

gostei muito do teu blog, já tens mais uma seguidora :)

*desculpa lá a invasão :S

Mags disse...

emigrar nao vai ajudar, pessoas falsas tao em todo o lado :/